Embed from Getty Images


O quarterback Drew Brees não acredita que a primeira escolha no NFL Draft 2016 de seu time, o New Orleans Saints, será um quarterback. Brees disse, através do site NOLA.com, não se preocupar, caso os Saints escolham um novo QB no draft:

“Eu aprendi, há muito tempo atrás, que só devo me preocupar com coisas que estão sobre meu controle. Não seria a primeira vez que estou em um time em que a escolha da primeira rodada seja um quarterback… que chega para pegar a minha posição e que eu deveria ter a mesma atitude que tive antes, este é meu time, meu trabalho.”

“Eu não acho que tenha nenhuma utilidade em conversar sobre este assunto, porque eu não acredito que vá acontecer. Eu confio no General Manager Mickey (Loomis) e em Sean Peyton (treinador). Se existe algum jogador que possa vir a ser o futuro da franquia, então vá busca-lo. Mas eu não penso em largar meu trabalho tão cedo.”

O QB dos Saints tem contrato até 2017, quando viraria free agent, e já tem um impacto de $30 milhões no salary cap do time para essa temporada, o que seria um grande peso financeiro, se decidirem usar o franchise tag em Brees. No entanto, Brees afirmou, em visita ao NFL Network, que uma renovação de contrato está sendo conversada com os Saints.

Apesar das declarações de Brees, parece que os Saints podem mudar sua primeira escolha para um quarterback, segundo anunciou Ian Rapoport em sua conta do Twitter, e essa escolha pode ser Paxton Lynch. Os Saints tentariam pular para primeira posição geral, mas essa movimentação seria muito custosa. Porém, eles podem se mover, caso sintam que San Francisco 49ers ou Cleveland Browns tentem o jogador:

 

Anúncios