Embed from Getty Images


No NFL Draft 2016, realizado entre os dias 28 e 30 de abril de 2016, o Indianapolis Colts usou suas escolhas para reforçar sua linha ofensiva, selecionando quatro jogadores. A decisão era previsível, considerando o fato de o quarterback Andrew Luck sofrer muito com tackles e com pouco tempo para decidir as jogadas após os snaps.

Porém, usar as escolhas para reforçar sua linha ofensiva poderá ter uma consequência, já que o time de defesa dos Colts apresentou um desempenho abaixo do desejável na temporada 2015 da NFL. Esse problema incomodou tanto, que o time trocou seu coordenador defensivo, substituindo Greg Manusky por Ted Monachino.

Apesar da contratação do novo coordenador ofensivo, não houve nenhuma contratação significativa feita pelo time, que terá que contar muito com os veteranos Robert Mathis e Trent Cole. Ainda assim, os Colts esperam que ocorra uma mudança no comportamento da defesa e, para isso, Monachino disse que começará as mudanças pela pressão ao quarterback adversário. Ele pretende que essa pressão seja feita por todos os lados, por diferentes jogadores e de diferentes formas para assegurar que a defesa tenha sucesso.

Em entrevista ao Indianapolis Star, Monachino disse:

“Eu sou um cara de pressão. Acho que a melhor defesa ao passe é ter uma boa pressão ao quarterback (pass rush). É por aí que começaremos a construir nossa defesa. Mas haverá uma série de variações de jogadas que não se saberá qual é e quando ela virá.”

Anúncios