Parece que a saga da renovação do quarterback Ryan Fitzpatrick com o New York Jets está longe de terminar.

Segundo Ian Rapoport, insider do NFL Media, Fitzpatrick tem a vontade de renovar o contrato para mais um ano, com $12 milhões garantidos no contrato. Mas, por esse valor, os Jets não tem interesse na renovação.

Ainda de acordo com Rapoport, os Jets tem o desejo de renovar com o quarterback para um contrato de 3 anos, no valor de $24 milhões, podendo alcançar $36 milhões com benefícios por rendimento. Nessa negociação, que vem se arrastando desde março, esse valor de $12 milhões, pedidos por Fitzpatrick, tem sido avaliado pelo time.

Embed from Getty Images

Ryan Fitzpatrick, em jogo do New York Jets.

Porém, um dos principais motivos para os Jets ainda não terem acertado a renovação, é que o time não tem espaço em seu salary-cap, para uma negociação nesse valor de $12 milhões para essa temporada. Segundo o site Spotrac.com, o time de New York só poderia oferecer como salário base, um valor próximo de $3 milhões. Para confirmar a contratação, Mike Maccagnan, General Manager do time, teria que fazer uma restruturação de contratos pesada, para poder encaixar o valor do jogador.

Além disso, a proposta dos Jets serviria para proteção do time, caso o time decida dispensar jogador ou o transforme em jogador de backup nas próximas temporadas.

O New York Daily News apresentou a contraproposta de Fitzpatrick, onde o jogador apresenta sua vontade para renovar por apenas 1 ano, por acreditar que após a renovação, ele consiga novas oportunidades de contrato como free agent em 2017.

Se não renovarem com Fitzpatrick (mesmo com o jogador quebrando o recorde da franquia, com 31 touchdowns na temporada passada), os Jets ainda contam com o quarterback Geno Smith e Christian Hackenberg, selecionado na segunda rodada do NFL Draft 2016.

Anúncios