O running back do Minnesota Vikings, Adrian Peterson, disse à ESPN que se cansou dos treinamentos da offseason. Peterson acredita que ele perderá sua força mental, antes de perder força física, mesmo já tendo passado a barreira de 30 anos para running backs.

“É isso. O training camp, passando por treinamentos físicos, OTAs (treinamentos específicos durante o minicamp) — tudo isso será, definitivamente, um fator decisivo. Fisicamente e para conhecimento do seu limite do corpo, será muito bom. Tudo é uma questão mental. Comparando com as OTAs, eu estarei lá treinando, participando e trabalhando. Mas, tudo isso é tão repetitivo que acredito que seja mais adequado para os jovens, permitindo a adaptação deles ao sistema do time. Chega a ser chato.”

Embed from Getty Images

Adrian Peterson, running back do Minnesota Vikings.

Outro motivo que leva Peterson a pensar dessa forma foi a temporada de 2012. Ele pulou todo os treinamentos de pré-temporada, por estar se recuperando de uma torção no ligamento cruzado anterior de um dos seus joelhos. Porém, apesar de não ter participado dos treinos, o running back dos Vikings correu 2.097 jardas.

“Pense nisso: não participei do training camp na temporada de 2012. Mas eu estive por lá, fazendo musculação. Ganhei um mês a mais de treinamento? ‘Come on, man’! Eu preferia não ter participado no training camp e ter feito tanta musculação. Durante esse período, você vai ao campo, joga futebol, levanta peso e, depois disso, você não quer fazer mais nada. Você está cansado das reuniões, treinos, de tudo.”

Embed from Getty Images

Peterson durante training camp de 2014. Mesmo reclamando, o running back não deixa de participar dos treinos dos Vikings.

Será que o Vikings deixariam seu principal jogador ofensivo faltar todo o training camp? Bem provável que não, considerando a idade do jogador e o fato de ser peça fundamental para o crescimento do time na temporada.

Peterson, que precisa de 6.681 jardas para bater o recorde de corridas de Emmitt Smith, teve papel fundamental no título de divisão do Vikings na temporada passada, ajudando o time a ser campeão da NFC North (11-5) com 1.485 jardas em 327 corridas (média de 4,5 jardas por tentativa), anotando 11 touchdowns.

Anúncios