Parece que a vitória do Chicago Cubs sobre Cleveland Indians no lendário Wrigley Field, no jogo cinco da World Series da Major League Baseball, influenciou o time de futebol americano da cidade, o Chicago Bears.

Na noite dessa segunda-feira, os Bears venceram o Monday Night Football contra rival e líder da NFC North, Minnesota Vikings, por 2o a 10. A defesa de Chicago mostrou força e parou o ataque do último invicto da NFL.

Estatísticas

A defesa de Chicago foi um dos principais destaques do jogo, promovendo muita pressão contra Sam Bradford, que acabou sacado 5 vezes no jogo. Em termos de produção ofensiva, o running back Jordan Howard foi o principal destaque dos Bears, ajudando o time a alcançar 19 first downs com 403 jardas totais (158 jardas terrestres e 245 aéreas) em 32m41s de posse de bola.

Já os Vikings sofreram no ataque e na defesa. A linha ofensiva permitiu várias pressões a Bradford, enquanto a linha defensiva tinha problemas para segurar o jogo terrestre. Isso permitiu boa variação de jogadas dos Bears, e Jay Cutler, em bom jogo, conseguiu 252 jardas. Mesmo com um jogo aquém do apresentado até seu bye week, os Vikings conseguiram 15 first downs com 258 jardas (57 jardas terrestres e 201 aéreas) em 27m19s.

Tudo pelo Futebol Americano - Estatísticas - 2016-10-31 - NFL - Semana 08 - Monday NIght Football - Bears 20 x Vikings 10.png

Jogo

O primeiro quarto começou com posse dos Vikings, mas, apesar de avançar até a linha de 39 jardas de ataque, Minnesota foi para o punt. Os Bears agradeceram a posse e marcaram pela primeira vez. Depois de boa campanha, atravessando o campo graças a uma excelente corrida de 69 jardas de Howard, Barth chutou um field goal de 30 jardas (3-0).

Depois de várias trocas de posse, com a defesa dos Bears forçando três three and out seguidos, Chicago começou uma campanha no fim do primeiro quarto que resultou em mais um field goal de Barth. Uma campanha rápida, com 8 jogadas em 3m33s, graças a outra excelente corrida de Howard (34 jardas). Apesar de chegar na linha 10 jardas, Barth entrou para ampliar o placar em chute de 28 jardas (6-0).

Os Bears conseguiram abrir 13-0, após forçarem o quarto three and out seguido dos Vikings. O resultado, outra boa campanha, que terminou com um touchdown de Howard, correndo 2 jardas para direita do campo. A jogada foi tão fácil, que Cutler comemora a pontuação logo depois de entregar a bola para seu running back.

Embed from Getty Images

Jordan Howard (RB #24) corre tranquilamente para end zone e anota seu único touchdown no jogo.

Ao receber a bola, os Vikings, enfim, pontuaram. Depois de uma campanha que consumiu quase metade do segundo quarto (7m24s), o time avançou até a linha de 2 jardas do campo de ataque. Porém, a defesa dos Bears seguraram o ataque dos Vikings, com um sack em Bradford em 3a para duas jardas. Minnesota teve que se contentar com um field goal de 30 jardas de Walsh (13-3).

Logo na primeira posse do terceiro quarto, os Bears anotaram seu segundo touchdown no jogo. Em campanha onde Cutler teve algumas variações de alvo, principalmente o passe de 34 jardas de Jeffery, permitiram Chicago alcançar a linha de 11 jardas. Em outra combinação Cutler-Jeffery, o quarterback acertou um passe para o wide receiver na end zone (20-3).

A partir desse momento, os Bears abusaram das corridas e passes pelo meio, queimando o relógio. Até que Bradford conseguiu achar Diggs na end zone, em excelente passe de 25 jardas. Touchdown dos Vikings (20-10), com 5m37s restantes para tentar uma reação.

Embed from Getty Images

Stefon Diggs (WR #14) recebe excelente passe de Sam Bradford (QB #8) para touchdown.

Insuficiente para os Vikings, já que a defesa não conseguiu segurar as boas corridas de Howard. Os Bears conseguiram 4 first downs na campanha decisiva, que levaram o relógio até 15s. Apesar de não conseguir avançar mais, o punt recebido por Diggs, que preferiu arriscar um retorno a um touchback, deixou os Vikings com somente 4s. Tempo suficiente para uma jogada de passe pelo meio, mas facilmente anulado.


Com o resultado, os Bears chegam à sua segunda vitória na temporada e continuam longe de chances de classificação. Enquanto isso, os Vikings perdem sua segunda seguida na temporada, curiosamente, após as duas derrotas após o bye week.

Anúncios