Apesar de abrir 20 pontos de vantagem, Carolina Panthers quase deixou o New Orleans Saints empatar o color rush do Thursday Night Football, repetindo a derrota no fim para o Kansas City Chiefs.

Mas na campanha decisiva, os Panthers conseguiram uma boa campanha, que limitaram as chances dos Saints, que terminaram o jogo correndo com a bola. Fim de jogo, 23 a 20 para o time da casa.

Estatísticas

Apesar de dominar as estatísticas do jogo, os Saints não conseguiram traduzir a vantagem em pontos contra os Panthers. Graças à defesa de Carolina, que conseguiu 3 sacks, além de forçar 2 fumbles e interceptar Drew Brees. No final, os Saints conseguiram 28 first downs em 32m15s de posse contra 17 first downs com 27m47 de posse dos Panthers.

Até  na conquista de jardas os Saints foram superiores, com um total de 371 jardas (107 jardas terrestres e 264 aéreas), contra 223 jardas dos Panthers (50 terrestres e 173 aéreas). Números conseguidos graças ao bom desempenho de Drew Brees e Tim Hightower, que totalizou 136 jardas.

Tudo pelo Futebol Americano - NFL - 17/11/2016 - Semana 11 - Thursday Night Football - Estatísticas - Panthers 23 x Saints 20

Jogo

O jogo começou com a posse dos Saints, mas a defesa dos Panthers funcionou e provocou um sack em Brees, que resultou em fumble recuperado por Carolina. O turnover resultou na campanha que abriu o placar, com um field goal de Gano de 32 jardas (3-0).

Os Saints empataram logo na sequência, com uma campanha de 14 jogadas, avanço de 71 jardas em 7m53s. Depois de avanços curtos, Lutz terminou a campanha com um chute de 27 jardas para terminar o primeiro quarto (3-3).

Tanto o segundo quanto o terceiro quarto foram dominados pelos Panthers, que conseguiram pontuar duas vezes antes do intervalo e uma vez no terceiro quarto, graças a a mais um turnover dos Saints.

Primeiro, Carolina conseguiu um touchdown em campanha começada quase na metade do quarto, iniciada após uma interceptação de Brees na linha de 46 jardas, feita por Kurt Coleman (SS #20), que ainda retornou mais 12 jardas. Não demorou para os Panthers alcançarem a linha de 1 jarda, para que Stewart pulasse a defesa dos Saints e conseguisse o primeiro TD do jogo (10-3).

Embed from Getty Images

Jonathan Stewart (RB #28) pulando a linha defensiva do New Orleans Saints para anotar o primeiro touchdown do Carolina Panthers.

Depois de forçar um three and out, mais uma boa posição de campo para Carolina, que começou da linha de 49 jardas do seu próprio campo. Quatro jogadas depois, Gano entrou para seu segundo chute na noite. Agora, o kicker acertou um chute de 49 jardas (13-3).

Os Saints até tiveram uma chance para diminuir o placar. Porém, durante a tentativa de field goal, Lutz acabou bloqueado e a bola caiu no colo de Luke Kuechly (MLB #59). Que teria retornado para mais um touchdown, se não fosse uma falta de contato ilegal nas costas, feita por James Bradberry (CB #24), que fez os Panthers voltarem para a linha de 30 jardas.

Sorte do cornerback, que Newton estava inspirado. Com apenas alguns segundos no relógio, o quarterback acertou um belíssimo passe para Ginn Jr na end zone. Segundo touchdown dos Panthers, primeiro touchdown do wide receiver na temporada (20-3).

Embed from Getty Images

Ted Ginn Jr. (WR #19) fazendo excelente recepção no fim da end zone em longo passe de Cam Newton (QB #1).

O segundo tempo começou com um domínio de relógio muito grande dos Panthers. Após queimarem 6m43s em campanha com 14 jogadas, Newton liderou um bom avanço, que terminou com um field goal de 42 jardas de Gano (23-3).

Em resposta, os Saints conseguiram diminuir com um field goal (23-6), após campanha de 16 jogadas em longos 8m21s (avanço de 58 jardas). Além de não conseguir o touchdown, os Saints ainda perderam Ingram, que após uma bela corrida de 13 jardas, acabou se machucando e abandonou o jogo para avaliações. O jogador chegou a desmaiar durante a jogada.

Após o field goal na primeira posse do último quarto, os Saints voltaram ao jogo. Primeiro, forçaram um three and out e, ao receber a bola, conseguiram chegar à end zone em campanha rápida com quatro jogadas. Entre elas, uma boa corrida de Hightower de 27 jardas. Na sequência, Brees acertou um passe de 9 jardas para o touchdown de Brandon Coleman (WR #16). Com o acerto do extra point, Saints diminuem para 23 a 13.

Embed from Getty Images

Michael Thomas (WR #13) comemorando o touchdown de Brandon Coleman (WR #16).

Depois disso, os Panthers entraram em pane. O ataque não conseguia se manter em campo e a defesa começou a perder a intensidade do início do jogo, principalmente, após a lesão  Kuechly, em campanha que resultou no segundo touchdown dos Saints.

Em outro campanha longa (5m11s) Brees e Hightower lideraram o time até a end zone, que acabou com um passe milimétrico para Coby Fleener (TE #82) para um touchdown de 8 jardas. New Orleans vivo no jogo, mas com pouco tempo no relógio 2m47s.

Embed from Getty Images

Coby Fleener (TE #82) recebendo um passe milimétrico de Drew Brews (QB #9) na end zone.

Mas na campanha decisiva, Cam Newton consegui avançar o suficiente para deixar os Saints sem tempo, que ainda tiveram uma posse. Porém, acabaram correndo em sua última tentativa, deixando o tempo acabar, além de ficarem longe de uma posição de tentativa de field goal.


Resultado importante para os Panthers, que ainda não tinham vitória dentro da divisão, além de conseguirem evitar uma possível virada dos rivais. Além disso, chegam à sua quarta vitória, ficando a duas do líder Atlanta Falcons.

Com a derrota, os Saints deixam os rivais empatarem sua campanha, com os dois times com campanha 4-6.

Na próxima semana, Carolina viaja para enfrentar o Oakland Raiders, enquanto New Orleans receberá o Los Angeles Rams.

Anúncios