O primeiro Monday Night Football fora dos Estados Unidos foi realizado no Estádio Azteca, na Cidade do México, foi disputado entre Oakland Raiders e Houston Texans.

Apesar do domínio de posse de bola, os Texans não aproveitaram a vantagem conquistada no quarto período e cederam a vitória para os Raiders, 27 a 20. O final poderia ser diferente, caso Bill O’Brien não tivesse desperdiçado uma tentativa de 4a para 5 com pouco mais de 3 minutos para o fim do jogo.

Estatísticas

Apesar do domínio dos Texans nas estatísticas do jogo, como número de first downs (22 contra 16) e tempo de posse de bola (36m27s contra 23m33s), os as campanhas curtas dos Raiders ajudaram na conquista de jardas (354 jardas de Houston contra 325 jardas de Oakland), que foram suficientes para vencer o jogo. Apesar do número de jardas parecidas, Houston (124) correu mais de 4 vezes o número de jardas de Oakland (30).

Os dois quarterbacks tiveram um bom número de jardas em passe, com Derek Car levando vantagem no número de touchdowns. Jamize Olawale e Lamar Miller foram os destaques em jardas

Tudo pelo Futebol Americano - 21/11/2016 - NFL - Semana 11 - Monday Night Football - Estatísticas - Raiders 27 x Texans 20

Jogo

Já na primeira campanha do jogo, um lance polêmico contra os Texans. Depois de fazer uma recepção pelo meio, Hopkins correu para lateral, quebrou tackles e foi para end zone. Porém, a arbitragem indicou que o wide receiver pisou fora do campo, anulando a pontuação. O replay indicou erro da arbitragem. Detalhe, Bill O’Brien desafiou, mas esse tipo de jogada não pode ser desafiada pelos head coachs.

Apesar disso, os Texans conseguiram pontuar com um field goal de 32 jardas de Novak (0-3). Em campanha de com avanço de 61 jardas em 13 jogadas com um tempo de 6m26s.

Ao receberem sua primeira posse de bola, os Raiders não conseguiram um first down, graças às boas ações da defesa dos Texans, principalmente Jadeveon Clowney (DE #90), que conseguiu quebrar a linha ofensiva por duas vezes.

Depois da defesa dos Raiders forçarem o punt dos Texans, Carr conseguiu bons avanços em campanha iniciada no fim do primeiro quarto. No total, 8 jogadas em 4m35s até a end zone, para um touchdown de Richard, em passe de 17 jardas de Carr (7-3). A campanha ainda teve uma ajuda de Johnathan Johnson (CB #24), que cometeu interferência em Michael Crabtree (WR #15), resultando em avanço de 33 jardas.

Embed from Getty Images

Jalen Richard (RB #30) mergulhando na end zone para o touchdown.

Veio o kickoff, mas o retornador de Houston, Tyler Ervin (RB #34), cometeu um “muff”, recuperado pelos Raiders na linha de 19 jardas do campo de ataque. Apesar da posição de campo, Carr não conseguiu levar o time ao touchdown, mas Oakland conseguiu um field goal, em chute de 19 jardas de Janikowski (10-3).

Ao receber a bola de volta, boa campanha dos Texans, que conseguiram avançar até a linha de 1 jarda, em corrida de 33 jardas que seria um touchdown (que a arbitragem chegou a confirmar em um primeiro momento), se o pé de Lamar Miller não tivesse esbarrado na linha branca lateral. Primeira para o gol, na linha de 1 jarda. Depois de alguns erros, um de Osweiler e uma falta, que fizeram Houston recuar para linha de 12 jardas, o quarterback achou Braxton Miller (WR #13) em passe para a end zone. Jogo empatado (10-10).

Embed from Getty Images

Braxton Miller (WR #13) comemorando seu touchdown com DeAndre Hopkins (WR #10).

Enquanto o final do primeiro tempo houve uma interceptação de Osweiler, o início do terceiro quarto teve uma interceptação de Carr, logo na primeira jogada do quarto. Pior para Oakland, que viu Houston retomar a liderança com mais um touchdown, em campanha de 13 jogadas e 65 jardas. Isso porque D.J. Hayden (CB #25) cometeu uma interferência na end zone, em uma 3a para 7 na linha de 7 jardas. Resultado, bola na linha de 1 jarda e touchdown de Lamar Miller, que correu pelo meio da defesa (10-17).

Na campanha seguinte, os Raiders conseguiram pontuar, em campanha que teve uma 3a para 8 salva por uma falta (interferência) de A.J. Bouye (CB #21) em Crabtree, renovando as chances de Oakland e posicionando a bola na linha de 8 jardas do campo de ataque. Apesar disso, não houve avanço para TD e Janikowski foi para chute de 20 jardas (13-17).

Os Texans responderam com mais uma campanha longa, queimando 6m42s de relógio. Apesar de começar no terceiro quarto Houston atravessou o campo para só conseguir marcar no quarto período do jogo. Mesmo com uma 3a para 2 jardas na linha de 12, Osweiler errou a tentativa de passe e Novak chutou seu segundo field goal na partida, acertando o chute de 28 jardas (13-20).

Embed from Getty Images

Brock Osweiler (QB #17) preparando a jogada na linha de scrimmage.

Não deu tempo nem de comemorar. Em uma jogada, Carr acertou uma passe alto para Olawale, que correu para um touchdown de 75 jardas para os Raiders, que empataram o jogo (20-20).

E a falta de sorte dos Texans com a arbitragem continuava. Depois de uma boa campanha, um bom avanço até as 15 jardas do campo de ataque, em uma 4a para 1. Miller conseguiu a jarda que precisava, mas as zebras disseram que não! Turnover em downs.

Como os Raiders não têm nada com isso, aproveitaram para marcar mais um touchdown, graças a duas big plays na mesma campanha. Primeiro, uma passe curto de Carr para Murray, que conseguiu um avanço de 39 jardas até a linha de 35 do campo de ataque. Na jogada seguinte, outro passe curto de Carr, que agora acertou Amari Cooper (WR #89), que correu para end zone para um touchdown de 35 jardas (27-20).

Embed from Getty Images

Amari Cooper (WR #89) anotando um touchdown de 35 jardas.

Na posse seguinte, os Texans chegaram a uma 4a para 5 jardas na linha de 44 jardas do campo de defesa, com 3m13s para o fim do jogo. O’Brien, head coach do time, não quis arriscar e devolveu a bola para os Raiders (punt), com apenas um tempo para pedir. Resultado, Oakland conseguiu um first down com um belo passe de Carr para Richard, em avanço de 44 jardas.

A partir daí, Oakland administrou o tempo, mas por causa de uma falta em uma terceira descida, Houston ainda teria uma tentativa. Mas em uma 4a para 1 jarda decisiva, Murray conseguiu o first down. Vitória do Oakland Raiders por 27 a 20.


Após o resultado, os Raiders retomam a liderança da AFC West, com campanha 8-2, enquanto os Texans continuam na liderança da AFC South com 6-4. Ambos os times tem 1 vitória de vantagem sobre os rivais da divisão.

Na próxima semana, Oakland recebe o Carolina Panthers no domingo. Já Houston, recebe outro time da AFC West, o San Diego Chargers.

Anúncios