No Monday Night Football da semana 12 da NFL, Green Bay Packers acabou com a fase ruim, de quatro derrotas seguidas, e venceu o Philadelphia Eagles, no Lincoln Financial Field, por 27 a 13.

O jogo começou bem com pontuações nas três primeiras campanhas do jogo, mas a defesa dos Packers, que tem sofrido muitos pontos, conseguiu segurar o ataque dos Eagles, ajudando na vitória do ps cabeças de queijo.

Estatísticas

Os Packers dominaram todas as estatísticas do jogo, sendo superiores no número de first downs (25 contra 20) e principalmente em jardas conseguidas e tempo de posse de bola, com quase 10 minutos a mais (35m23s contra 24m37s):

  • Eagles – 292 jardas (81 terrestres e 211 em passe)
  • Packers – 387 jardas (74 terrestres e 313 em passe)

Os números indicam que os quarterbacks de ambos os times foram muito bem, inclusive em jardas terrestres, já que ambos fizeram a segunda melhor marca de suas equipes.

Dorian Green-Beckham e Davante Adams foram os líderes em jardas recebidas, com Adams anotando 2 touchdowns no jogo.

Tudo pelo Futebol Americano - 28/11/2016 - Semana 12 - Sunday Night Football - Estatísticas - Eagles 13 x Packers 27.png

Jogo

O Monday Night começou bem, com os dois quarterbacks se destacando logo em suas primeiras campanhas.

O primeiro a entrar em campo foi Aaron Rodgers, que logo em sua primeira campanha, conseguiu bons avanços em passes curtos e duas corridas (16 e 9 jardas). A última corrida de Rodgers deixou os Packers na lina de 12 jardas. Na jogada seguinte, Rodgers acertou passe para Randall Cobb (WR #18) que quebrou tackles para entrar na end zone (0-7). Campanha de 10 jogadas em 5m09s.

Aí foi a vez de Carson Wentz, segunda escolha geral do NFL Draft de 2016, mostrar qualidade e liderar os Eagles para o empate. A campanha com 11 jogadas em 6m11s teve um excelente passe 24 jardas para Green-Beckham. Mais três jogadas e a bola estava na linha 1 jarda do campo de ataque. Após o snap, Wentz procurou alvos na end zone, mas acabou correndo e mergulhou para conseguir seu primeiro touchdown terrestre na carreira (7-7).

Embed from Getty Images

Carson Wentz (QB #11) mergulhando na end zone para conseguir seu primeiro touchdown terrestre na carreira.

A resposta dos Packers veio na sequência. Segunda posse de bola, segundo touchdown. A campanha começou ainda do primeiro quarto, com destaque para o passe de Rodgers para Nelson, avanço de 13 jardas, e terminou no primeiro snap do segundo quarto. Belo de passe de Rodgers para Adams na end zone. A recepção foi ainda mais bonita que o passe de 20 jardas (7-14).

Depois de as defesas das duas equipes impedirem pontuações dos adversários, os Eagles começaram a sua última campanha no primeiro tempo na linha de 1 jarda de seu campo. Wentz foi bem na campanha. De dentro de sua própria end zone, o calouro acertou bom passe para Jordan Matthews (WR #81) de 20 jardas. Depois de um sack, perda de 8 jardas, os Eagles precisariam de 24 jardas. Sem problemas, já que o calouro acertou Zach Ertz (TE #86) para 11 jardas e depois ainda correu 17 jardas (sua maior conquista de jardas terrestres).

Apesar dos bons avanços, Green Bay conseguiu segurar os avanços de Philadelphia, que acabou se conte tanto com um field goal de Sturgis, em chute de 48 jardas (10-14). Com pouco tempo no relógio, Rodgers apenas ajoelhou para chegar ao intervalo do jogo.

Embed from Getty Images

Davante Adams (WR #17) fazendo linda recepção para touchdown na end zone.

A primeira campanha dos Eagles no terceiro quarto até começou bem. Mas depois de levar um tackle em tentativa de passe anterior, Wentz foi interceptado por Ha Ha Clinton-Dix (FS #21), em tentativa de passe para Ertz.

Logo no primeiro snap da nova campanha, Rodgers acertou um lindo passe de 50 jardas para Adams, até a linha de 22 jardas do campo de ataque. Mas a renovação das primeiras descidas não foi conseguida e os Packers se contentaram com um field goal de 33 jardas de Crosby (10-17). Lado ruim da campanha, Rodgers sofreu um tackle e acabou se machucando.

Nova posse de bola dos Eagles, nova campanha com bom desempenho de Wentz e novo field goal de Sturgis. Dessa vez em chute longo, 50 jardas para diminuir a diferença para 4 pontos (13-17).

Ao receber a bola, mais uma campanha dominante dos Packers, que em 13 jogadas (6m28s) conseguiram chegar a end zone dos Eagles mais uma vez. Mesmo machucado, Rodgers desequilibrou no drive de Green Bay, inclusive com um passe de 23 jardas para Adams, que posicionou o time na linha de 3 jardas. Por causa de uma falta da defesa, um holding de Nolan Carroll (CB #22), a bola foi posicionada na metade da distância para o gol. O fullback Aaron Ripkowski (#22) correu a jarda para o touchdown (13-24), já no último quarto.

Embed from Getty Images

Aaron Ripkowski (FB #22) deitado na end zone após touchdown de 1 jarda.

Após anular a campanha dos Eagles, os Packers começaram sua campanha decisiva no seu campo, na linha de oito jardas. Mesmo com jogadas de poucas jardas, o time foi avançando com ajuda das faltas de Philadelphia. Rodgers apareceu em situações criticas, em boas combinações com Nelson. Primeiro, um passe de 22 jardas. Depois, em uma 4a para 5, o segundo passe, agora de 21 jardas.

Mesmo assim, os Packers só conseguiram um field goal, em chute de 32 jardas de Crosby (13-27). O estrago já estava feito! Campanha de 8m21s, que fez os Eagles gastarem todos os pedidos de tempo.

Os Eagles ainda tentaram, mas com 1m52s no relógio, pouco fizeram. Aboça ainda voltou para os Packers, que ajoelharam por duas vezes e confirmaram a vitória.


Com o resultado, os Eagles estão fora da briga pela divisão. Porém, ainda seguem com chances de playoffs, já que estão a uma vitória do segundo time de wild card da NFC. Os Packers respiram na NFC East, com 2 vitórias a menos que o líder Detroit Lions.

Na próxima semana, Philadelphia viaja para enfrentar o Cincinnati Bengals, enquanto Green Bay volta ao Lambeau Field, após três semanas seguidas, para jogar contra o Houston Texans.

Anúncios