No Monday Night Football da semana 15, o Carolina Panthers conseguiram uma boa vitória sobre o Washington Redskins, 26 a 15, e mantém o time vivo na briga por playoffs.

Os Redskins perderam boa chance de seguirem bem na disputa por playoffs. Agora, o time viu as chances de classificação diminuírem, já que dependem de combinação de resultados.

Estatísticas

Além da boa vantagem no placar, os Panthers dominaram a posse de bola, com quase 10 minutos de vantagem. Além dessa vantagem, Carolina conseguiu produzir mais chances de pontuação.

Os Panthers também venceram a batalha dos first downs e jardas conquistadas sobre os Redskins. Quanto às primeiras descidas, Carolina liderou por 22 a 18. Em termos de jardas, quase 100 jardas de superioridade: 438 (148 terrestres, 290 em passes) contra 335 (29 terrestres, 308 em passe).

Os dois quarterbacks se destacaram, com mais de 300 jardas. Enquanto os Redskins tiveram o jogo aéreo como destaque, com DeSean Jackson recebendo 111 jardas, Jonathan Stewart foi o destaque dos Panthers, com 132 jardas terrestres.

Tudo pelo Futebol Americano - NFL - 19/12/2016 - Semana 15 - Monday Night Football - Estatísticas - Redskins 15 x Panthers 26

Jogo

O primeiro tempo começou equilibrado, com uma diferença de apenas 4 pontos, com vitória dos Panthers por 13 a 9.

E desde o início, os Panthers demonstraram que venceria o jogo, conseguindo pontuar logo em sua primeira campanha, primeira do jogo. Depois de um excelente avanço de 31 jardas, em passe de Newton para Olsen, seguido por um outro passe longo, agora 18 jardas para Ginn Jr., Carolina não conseguiu um touchdown, mas terminou a campanha rápida com um field goal de 35 jardas de Gano (0-3).

A resposta dos Redskins veio em sua segunda campanha no jogo, após forçar um three and out na segunda campanha dos Panthers. A principal jogada da campanha foi um passe de 23 jardas de Cousins para Jackson. Apesar de bom avanço até a linha de 25 jardas, um passe incompleto para Garçon (drop), Hopkins entrou para um chute de 43 jardas (3-3).

O castigo do drop veio na posse seguinte dos Panthers, onde Newton conseguiu bons passes, somados a bons avanços de Stewart (3 corridas e 23 jardas). Essas jogadas levaram Carolina para linha de 30 jardas do campo de ataque, terminando com um passe de Newton para Ginn Jr., em um touchdown de 30 jardas (3-10).

Embed from Getty Images
Ted Ginn Jr (WR #19) recebendo passe de Cam Newton (QB #1) dentro da end zone, em touchdown de 30 jardas.

E na campanha seguinte dos Redskins, Cousins tentou passe para Vernon Davis (TE #85). Porém, o passe foi interceptado por Kurt Coleman (FS #20) na linha de 39 jardas, retornando duas jardas para a linha de 37. Nova campanha dos Panthers, que terminou com um field goal de 44 jardas de Gano no início do segundo quarto (3-13).

Antes do fim do segundo quarto, os Redskins conseguiram diminuir o placar, com uma campanha que resultou em touchdown. Campanha de 7 jogadas em 4m54s, que resultaram em um touchdown em corrida de Rob Kelley (RB #32) para 5 jardas. Mas o extra point foi desperdiçado por Hopkins, fechando o primeiro tempo com vantagem de Carolina (9-13).

Embed from Getty Images
Rob Kelley (RB #32) deitado na end zone, após o touchdown de 5 jardas.

O segundo tempo nem começou direito e os Panthers recuperaram a bola, graças a um turnover forçado em Cousins. Wes Horton (DE #96) venceu a batalha contra Davis (TE) e jogou o tight end contra Cousins, provocando um sack que fez o quarterback soltar a bola na linha de 5 jardas do campo de defesa dos Redskins.

Horton ainda recuperou a bola e quase entrou na end zone, sendo derrubado por Davis na linha de 1 jarda. Dois snaps foram necessários para os Panthers, que depois de serem parados pela defesa dos Redskins, conseguiram chegar na end zone com Tolbert, após passe curto de 1 jarda de Newton. O fullback teve que se esticar todo para garantir que a bola ultrapassasse o plano de gol (9-20).

Embed from Getty Images
Mike Tolbert (FB #35) se esticando para fazer a bola ultrapassar o plano de gol, em passe de 1 jarda de Cam Newton (QB #1).

Os Panthers ainda conseguiram ampliar no terceiro quarto, com mais um field goal de Gano. Dessa vez, o kicker acertou um chute de 23 jardas (9-23), em campanha que teve um excelente passe de Newton para Ed Dickson (TE #84), conquistando um avanço de 36 jardas.

Na sequência, os Redskins conseguiram pontuar novamente. Em campanha iniciada no fim do terceiro quarto, Cousins liderou bons avanços com passes de 17 jardas para Jackson e 15 jardas para Garçon. Mesmo assim, a campanha acabou no segundo snap do último quarto, com um chute de 26 jardas de Hopkins (12-23).

Antes de os Redskins conseguirem mais uma pontuação no jogo, Gano teve nova chance, em chute de 38 jardas. Porém o kicker errou o chute, deixando os Redskins em uma boa posição de campo. Campanha rápida (1m53s) terminada em um field goal de Hopkins de 34 jardas (15-23).

Apesar da diferença de pontos ser igual a um touchdown seguido de conversão de dois pontos, os Panthers não quiseram deixar chances para os Redskins. Mais uma campanha com pontuação. Dessa vez, Gano entrou para acertar o chute e definir a vitória dos Panthers, em chute de 41 jardas (15-23).

A última campanha dos Redskins ainda acabou com um fumble de Jamison Crowder (WR #86) após passe de Cousins. Após receber o passe curto, o wide receiver tentou correr pelo meio, mas Kyle Love (DT #77) além de forçar o fumble, recuperou a posse de bola. Fim de jogo no FedEx Field.


O resultado tira os Redskins da segunda posição de wild card da NFC, que cai no colo do Green Bay Packers. Além disso, para ir aos playoffs, Washington precisará vencer os jogos restantes e torcer por combinação de resultados. E mais, a derrota garantiu a classificação do New York Giants aos playoffs.

Mesma caso dos Panthers, que só mantiveram as chances de classificação por vencerem o jogo. Agora, para terem chances, também precisa vencer os dois jogos restantes e torcer por combinação de resultados.

Na semana 16, os Redskins visitam o Chicago Bears, enquanto os Panthers tem jogo contra rival de NFC South, Atlanta Falcons.

Anúncios