Depois de um primeiro tempo equilibrado, terminando com um empate em 21 a 21, os Cowboys voltaram com tudo e atropelaram os Lions. A curiosidade é que todas as pontuações do jogo foram touchdowns, nove no total.

No fim, vitória dos Cowboys por 42 a 21, no último Monday Night Football da temporada.

Estatísticas

Esse equilíbrio do primeiro tempo pode ser visto em um equilíbrio de first downs (23 para cada time), jardas conquistadas (Cowboys: 375 – 164 em corridas e 211 em passe; Lions: 319 – 90 em corridas e 229 em passe) e em posse de bola, com pequena vantagem dos Lions (30m43s contra 29m17s).

Mais um excelente jogo dos calouros Dak Prescott e Ezekiel Elliott. Enquanto o quarterback conseguiu 3 passes para touchdown, o running back conseguiu 80 jardas em apenas 12 corridas, além de 2 touchdowns. Elliott ainda foi poupado por Jason Garrett.

Do lado dos Lions, Matthew Stafford, Zach Zenner e Eric Ebron foram destaques. O quarterback lançou 260 jardas, uma boa marca, mas teve uma interceptação. O tight end conseguiu 93 jardas em 8 recepções.

2016-12-26-nfl-semana-16-monday-night-football-estatisticas-cowboys-42-x-lions-21

Jogo

O jogo começou agitado. Já na primeira campanha dos Cowboys, primeira campanha do Monday Night Football, Prescott liderou Dallas com passes de 18 jardas para Bryant e 23 jardas para Jason Witten (TE #82). A campanha longa (5m03s) acabou em uma 3a para 14, quando Prescott acertou um passe para Brice Butler (WR #19). Touchdown de 21 jardas (7-0).

A resposta dos Lions foi imediata e com a mesma moeda. Campanha de 9 jogadas, que consumiram 4m34s, que avançou até a linha de 7 jardas do campo de ataque. Zenner correu essas 7 jardas para anotar o touchdown de empate (7-7).

Mas os Cowboys não deixaram se abalar e anotaram seu segundo touchdown logo na sequência. Dessa vez, o Elliott conseguiu uma grande corrida que terminou em touchdown. No quinto snap da campanha, Elliott correu pela direita, conseguindo 55 jardas até a end zone (14-7).

Ezekiel Elliott (RB #21) pulando para garantir o seu primeiro touchdown no jogo.

O jogo estava mesmo equilibrado. Segunda campanha dos Lions, segundo touchdown. Apesar de começar no fim do primeiro quarto, Detroit avançou até a end zone, conseguindo a pontuação no início do segundo quarto. Dessa vez, Stafford correu a jarda restante para a end zone (14-14).

E os Lions não pararam por aí. Após o kickoff pós touchdown, os Lions conseguiram forçar o punt dos Cowboys. Resultado? Mais uma campanha terminada em touchdown. Novamente, touchdown terrestre. Depois de avançar até a linha de 5 jardas, Zenner correu pela direita, para conseguir seu segundo touchdown no jogo (14-21).

Zach Zenner (FB #34) correu para dois touchdowns no jogo.

O empate dos Cowboys só veio no fim do segundo quarto, dentro do 2-min warning. Campanha rápida, 6 jogadas consumindo apenas 2m10s. Graças à boa posição (49 jardas do campo de ataque), conseguida após forçar o punt dos Lions, que se encontravam em sua linha de 2 jardas. Em uma terceira para 7, na linha de 25, Prescott acertou passe para Bryant anotar um touchdown de 25 jardas (21-21).

O segundo tempo foi bem diferente do primeiro. Apenas os Cowboys conseguiram pontuar. E a primeira campanha do terceiro quarto começou mal para os Lions. Stafford foi interceptado por J.J. Wilcox (SS #27) na linha de 46 do campo de defesa, em tentativa de passe para T.J. Jones (WR #13).

Os Cowboys se aproveitaram do turnover do adversário e, rapidamente, chegaram até a end zone. O avanço teve uma ajuda de uma falta (interferência no passe) em cima de Bryant, garantindo avanço de 31 jardas. Em 1a para 1, na linha de 1 jarda, Elliott correu para seu segundo touchdown (28-21).

Ao receber a bola, mais uma campanha dos Lions terminada em punt. Mesmo começando a campanha na linha de 5 jardas de seu próprio campo, os Cowboys conseguiram mais um touchdown. Segundo segui no terceiro quarto. Dessa vez, um touchdown que teve passe de Byant para Witten, em touchdown de 10 jardas. Jogada diferente, mas que deu muito certo para os Cowboys (35-21).

Jason Witten (TE #82) recebendo passe dentro da end zone.

O último quarto ainda teve mais um touchdown dos Cowboys, conseguido bem no início do período. Avanço de 7 jogadas, que terminou no terceiro passe de touchdown de Prescott. O quarterback acertou Bryant (19 jardas) na entrada da end zone, pela direita, para anotar seu segundo touchdown no jogo (42-21).

A campanha com pontuação decisiva dos Cowboys começou após um erro de field goal dos Lions, onde Prater errou chute de 47 jardas.


A vitória consolida os Cowboys como melhor time da NFL e melhor time da NFC com 13 vitórias e apenas 2 derrotas. Isso significa que o time terá a vantagem do mando de campo nos playoffs, além de folga na primeira semana da pós-temporada.

Os Cowboys fecham a sua temporada em jogo dentro da NFC East, contra o Philadelphia Eagles, no Lincoln Financial Field.

A situação dos Lions continua dependendo da última rodada, quando enfrenta o Green Bay Packers, no Ford Field, em jogo decisivo para o título da NFC North. Porém, uma derrota para os rivais pode tirar o time da pós-temporada, caso Washington Redskins ou Tampa Bay Buccaneers vençam seus jogos.

 

Anúncios