Depois de 56 anos em San Diego, os Chargers anunciaram que estão de mudança para Los Angeles, repetindo o movimento feito pelos Rams no ano passado.

A decisão foi anunciada em carta publicada pelo dono do time, Dean Spanos, informando a decisão aos membros (colaboradores, equipe, staff) na manhã desta quinta-feira, 12/01/2017:

“Depois de muitas discussões, tomei a decisão de mudar os Chargers para Los Angeles, a partir da temporada 2017 da NFL. San Diego tem sido nossa casa por 56 anos. A cidade sempre será parte da nossa identidade. Minha família e eu só temos que agradecer por todo o apoio e paixão demonstrada por nossos fãs ao longo desses anos.”

Uma das principais razões para a mudança para Los Angeles, foi o desejo dos Chargers em montar um novo estádio, em substituição ao Qualcomm Stadium, considerado “velho” para os novos padrões da Liga (modernização, maior número de camarotes, espaços para eventos, conforto entre outros).

Embed from Getty Images

Com a mudança dos Chargers para Los Angeles, Qualcomm Stadium deixará de ser usado pelo time.

Em novembro, a população de San Diego votou contra um aumento de impostos, que seria usado para ajudar na captação de $1,8 bilhão propostos na construção do novo estádio. Além disso, Spanos, o prefeito de San Diego, Kevin Faulconer e outras autoridades locais, não conseguiram chegar a um acordo sobre o planejamento do estádio.

Com a decisão, o novo escritório dos Chargers se mudará para Costa Mesa, California. Além disso, o time deverá jogar em Inglewood, dividindo as instalações com os Rams.

A mudança ainda vai gerar alguns custos para a franquia, já que tem até o 01/05 para sair do Qualcomm Stadium e suas instalações, sair do Chargers Park até 01/07, além de pagar uma multa de $12 milhões para a cidade, devido ao encerramento do contrato.

Por fim, o time já apresentou o novo logo. Segundo Ian Rapoport, insider da NFL Network, esse será o novo logo dos Chargers:

A carta de Spanos foi publicada na fanpage do Facebook dos Chargers:

 

Anúncios