No melhor jogo dos playoffs até agora, o Green Bay Packers venceu o Dallas Cowboys por 34 a 31, com um field goal de 51 jardas com apenas 3s para o fim do jogo.

O que parecia ser uma lavada dos Packers no primeiro tempo, que abriu 21 a 3, transformou-se em um excelente jogo! Isso porque os Cowboys foram buscar o resultado, empatando o jogo em 28 a 28 e logo depois, em 31 a 31.

Estatísticas

O jogo foi muito equilibrado. Tanto no placar como na estatísticas. Enquanto os Cowboys tiveram vantagem em jardas conquistadas (429 – 138 em corridas e 291 em passe – contra 414 – 87 em corridas e 327 em passe) e posse de bola (30m14s contra 29m46s), os Packers venceram a batalha dos first downs (27 contra 25).

Os calouros Dak Prescott e Ezekiel Elliott não sentiram a pressão e se destacaram junto com Dez Bryant pelos Cowboys.

Pelos Packers, Aaron Rodgers teve mais um jogo de destaque. Junto a Rodgers, Jared Cook apareceu bem, sem falar em Mason Crosby, que acertou dois chutes de mais de 50 jardas, fundamentais para a vitória dos Packers.

Tudo pelo Futebol Americano - NFL - 15/01/2017 - Playoffs - Divisional - Estatísticas - Cowboys 31 x Packers 34

Jogo

O primeiro quarto começou com os dois times pontuando. Os Cowboys saíram na frente, logo em sua primeira campanha. Porém, mesmo com Prescott lançando três passes de mais 10 jardas, Williams (13), Bryant (13) e para Cole Beasley (WR #11 – 14 jardas), a campanha terminou com field goal. Chute de 50 jardas de Bailey (3-0).

A resposta dos Packers foi imediata. Em 2m55s, Rodgers liderou bons avanços, junto com uma bela corrida de 15 jardas de Montgomery. Depois de um passe de 16 jardas para Randall Cobb (WR #18), Rodgers acertou longo passe para Richard Rodgers (TE #82), em touchdown de 36 jardas (3-7).

Ao receber a bola, os Cowboys fizeram uma longa campanha, com pouco mais de 4 minutos, mas terminou em punt. Melhor para os Packers, que chegaram ao seu segundo touchdown. Campanha longa, iniciada no primeiro quarto, que teve um passe de 32 jardas para Adams. No fim da campanha, passe para Montgomery para um touchdown de 3 jardas (3-14).

Mais uma posse de bola dos Cowboys, mais um punt. Dessa vez, sofrendo um three and out. Mais uma vez, os Packers aproveitaram para anotar seu terceiro touchdown. Mais uma campanha longa, 9 jogadas em 5m24s, que além de um passe de 26 jardas para Geronimo Allison (WR #81), teve Ripkowski como destaque, graças a uma corrida de 20 jardas. A campanha terminou com um touchdown de 1 jarda de Montgomery, que correu e pulou para end zone (3-21).

Embed from Getty Images

Ty Montgomery (RB #88) mergulhando na end zone para um touchdown de 1 jarda.

Só a partir do terceiro touchdown dos Packers, os Cowboys acordaram e conseguiram pontuar por duas vezes seguidas. Em uma campanha relâmpago (4 jogadas em 1m34s). Prescott conseguiu dois passes que foram fundamentais para campanha. Os dois para Bryant. O primeiro de 21 jardas e o segundo, 40 jardas, para o touchdown (10-21).

E, após forçar um three and out dos Packers, os Cowboys conseguiram um field goal. Mesmo avançando até a linha de 15 jardas, Bailey entrou para um chute de 33 jardas (13-21).

Na volta do intervalo, os Packers voltaram a ampliar a vantagem, com um touchdown logo na primeira campanha do terceiro quarto. Campanha de 3m35s, que já começou com um passe de 25 jardas para Cobb. Duas jogadas depois, passe de 14 jardas para Adams, seguido de um passe de 26 jardas para Cook. Logo depois, mais um passe de Rodgers, que fingiu um handoff, enganando a defesa, e acertou Cook para um touchdown de 3 jardas (13-28).

Embed from Getty Images

Jared Cook (TE #89) fazendo a recepção dentro da end zone.

Na primeira posse dos Cowboys, apesar da boa campanha e do bom avanço, terminou com turnover de Prescott. Em 2a para 1, na linha de 19, Micah Hyde (SS #33) leu bem a jogada e antecipou um passe screen para Beasley, que retornou 18 jardas até a linha de linha de 39.

Mas a campanha dos Packers acabou do mesmo jeito que começou. Depois de bom avanço, Rodgers tentou um passe longo para Adams, que parecia resultar em touchdown. Mas quando a bola se aproximou, parecia passe incompleto. Foi aí que Jeff Heath (SS #38) se jogou para interceptar o passe e retornar 27 jardas até a linha de 41 do campo dos Cowboys.

Campanha que os Cowboys aproveitaram bem, terminando no último quarto! Mesmo com uma falta que fez o time perder 10 jardas, em uma 2a para 21, Prescott acertou um passe para Bryant, que foi de encontro para bola e ainda conseguiu 19 jardas. O quarterback ainda acertou outro passe de 19 jardas para Williams, antes de acertar Jason Witten (TE #82) na end zone (28-20). Primeiro touchdown do tight end em 8 jogos de pós-temporada.

Os Packers tiveram mais uma posse de bola que resultou em punt. Melhor para os Cowboys, que empataram o jogo em campanha com touchdown seguido de conversão de 2 pontos. Prescott, Elliott e Bryant se destacaram. Enquanto Elliott conseguiu excelentes corridas, a combinação Prescott-Bryant resultou em avanços e no touchdown de 7 jardas.

Na tentativa de conversão, Prescott viu uma abertura e correu para end zone. Porém, o calouro precisou forçar sua entrada de costas, após o contato um contato na linha de 1 jarda (28-28). Empate dos Cowboys em um jogo emocionante!

Embed from Getty Images

Dez  Bryant (WR #88) anotando um touchdown que permitiu o empate do Dallas Cowboys.

E ainda tinha tempo para mais dois field goals, com apenas 2m08s. Primeiro, os Packers, que conseguiram um field goal de 56 jardas com Crosby. Logo depois, os Cowboys, com um field goal longo, de 52 jardas (31-31) de Beasley, deixando os Packers com 40s no relógio.

E o que são 40s para Rodgers?! Parece que a eternidade. Pois, no sufoco, os Packers conseguiram avançar. E após um passe de 36 jardas para Cook, que precisou ser revisado, Green Bay teve uma chance de vencer o jogo, em tentativa de field goal de 51 jardas. Crosby acertou o primeiro chute o meio do Y, mas Jason Garrett pediu um tempo (artifício muito comum, chamado de “congelar o kicker”).

A segunda tentativa deixou os fãs dos Cowboys e Packers com o coração na mão. O chute foi muito rente, mas dentro do Y (31-34). Vitória dos Packers, no melhor jogo dos playoffs até agora.

Embed from Getty Images

Mason Crosby (K #2) em chute de 51 jardas que deu a vitória ao Green Bay Packers.

O resultado definiu a final da NFC, que será entre Atlanta Falcons e Packers, no último jogo do Georgia Dome.

Melhores Momentos

Anúncios