No segundo jogo de domingo, o New England Patriots usou o fator casa para vencer o Pittsburgh Steelers por 36 a 17, em mais um jogo com boa vantagem para os donos da casa.

Em dez jogos de playoffs, apenas os dois jogos de semana passada tiveram equilíbrio. Além da boa vantagem, os Patriots conseguiram vários recordes individuais e coletivos, como 9 títulos do AFC Championship, recordes de Tom Brady e Bill Belichick.

Estatísticas

A vitória dos Patriots começou a ser construída no primeiro tempo. Apesar do equilíbrio no placar, a lesão de Le’Veon Bell (Steelers) facilitou as coisas para o time da casa, que passeou no segundo tempo.

Ao final do jogo, os Patriots lideraram em first downs (26 contra 22), jardas (431 – 57 em corridas e 37a em passe – contra 368 – 54 em corridas e 314 em passes) e, também, em posse de bola (31m26s contra 28m34s).

Tom Brady e Chris Hogan foram os principais destaques dos Patriots, enquanto Ben Roethlisberger e Antonio Brown se destacaram pelos Steelers, mas longe de conseguirem igualar o jogo.

Tudo pelo Futebol Americano - NFL - 22/01/2017 - Playoffs - AFC Championship - Estatísticas - Patriots 36 x Steelers 17

Jogo

O jogo começou com os Patriots abrindo 10 pontos no primeiro quarto. Brady começou com cinco passes na sua primeira campanha. Destaque para os dois primeiros, 12 jardas para Martellus Bennett (TE #88) e 41 jardas para Edelman. Depois de 2 passes curtos para Malcolm Mitchell (WR #19 – 4 jardas) e Danny Amendola (WR #80 – 5 jardas), Brady errou tentativa passe para Mitchell, impedindo o first down. Resultado, Gostkowski entrou para um field goal de 31 jardas (3-0).

A primeira campanha dos Steelers acabou com um three and out. Descontado logo na sequência, com um three and out dos Patriots. Somente depois da segunda campanha sem sucesso dos Steelers, os Patriots voltaram a marcar para ampliar a vantagem. Campanha de 11 jogadas em 4m36s, que terminou com um passe para Hogan, em touchdown de 16 jardas (10-0). Antes do touchdown, Hogan havia recebido um passe de Brady, que resultou em um avanço de 26 jardas.

Embed from Getty Images

Chris Hogan (WR #15) comemorando seu primeiro touchdown no jogo.

Então foi a vez dos Steelers pontuarem, em campanha que terminou no segundo quarto com um touchdown. Apesar da pontuação, conseguida com uma corrida de Williams de 5 jardas, seguido de erro de extra point de Boswell (10-6), Bell machucou a virilha e não conseguiu reproduzir as boas atuações anteriores.

Ao receber a bola, os Patriots conseguiram seu segundo touchdown no jogo. Hogan foi o principal destaque, recebendo três passes de Brady. O primeiro de 4 jardas, seguido por um passe que resultou em um avanço de 22 jardas, além do passe que resultou em um touchdown de 34 jardas (17-6). Detalhe do touchdown, foi a trick play dos Patriots, quando Brady fez um handoff para Lewis, que chegou à linha de scrimmage e devolveu a bola para o quarterback lançar o wide receiver. Belo touchdown de New England.

Embed from Getty Images

Dessa vez, Chris Hogan (WR #15) entrando na end zone, para um touchdown de 34 jardas.

Mais uma posse dos Steelers, mais uma pontuação. Roethlisberger até conseguiu levar Pittsburgh até a linha de 1 jarda, com passe para Jesse James (TE #81) de 19 jardas (inicialmente, touchdown, mas a revisão corrigiu a posição da bola na linha de 1 jarda). Mas a defesa dos Patriots fez os Steelers recuarem até a linha de 5 e Boswell entrou para acertar chute de 23 jardas (17-9).

Os Patriots ainda tiveram mais uma posse antes do fim do primeiro tempo, mas não resultou em nada.

Veio o terceiro quarto e o ataque dos Steelers não conseguiu conquistar nenhum first down e sofreu um three and out logo de cara. Ao receber a bola, os Patriots conseguiram uma campanha rápida, terminando em um field goal de 47 jardas de Gostkowski (20-9), seu segundo no jogo.

Após anular a campanha ofensiva dos Steelers, que chegaram até a linha de 39 jardas do campo de ataque, os Patriots começaram nova campanha na linha de 12 jardas. Sem problemas para Brady, que acertou passes de 17 jardas para Edelman, 13 jardas para James Develin (FB #46) e 39 jardas para Hogan (passe que garantiu o 11º jogo de pós-temporada com 300 jardas) e levou seu time até a linha de 19 jardas do campo de ataque. O touchdown veio em duas corridas de Blount, que, primeiro, correu 18 jardas e, na jogada seguinte, correu a jarda restante para end zone (27-9), conseguindo seu oitavo TD em pós-temporada.

Big Ben teve nova posse de bola, conseguiu acertar um passe de 5 jardas para Rogers, mas o wide receiver sofreu um fumble de Kyle Van Noy (OLB #53), recuperado por Rob Ninkovich (OLB #50) na linha de 28 jardas ainda no próprio campo. Quatro jogadas foram necessárias para Bray acertar Edelman, em touchdown de 10 jardas. Com o erro de extra point de Gostkowski, o placar ficou 33 a 9. Com esse passe, Brady conseguiu seu nono jogo de pós-temporada com três passes para touchdown, igualando o recorde de Joe Montana.

Embed from Getty Images

Julian Edelman (WR #11) caindo na end zone, após anotar seu touchdown.

Os Steelers tiveram uma boa chance para pontuar, mas acabou desperdiçada. Big Ben chegou a acertar um passe para Cobi Hamilton (WR #83), mas o jogador havia saído do campo antes de receber a bola, caraterizando uma falta de “illegal touch” (ao sair de campo, o jogador não pode ser o primeiro tocar na bola).

Somente no último quarto, o jogo voltou a ter uma pontuação. Graças a mais um turnover dos Steelers. Dessa vez, Big Ben tentou passe para Darrius Heyward-Bey (WR #88), mas acabou interceptado por Eric Rowe (CB #25), que retornou 37 jardas até a linha de 32 do campo de Pittsburgh. Ao final da campanha, Gostkowski acertou seu terceiro field goal, em chute de 26 jardas (36-9).

Na campanha seguinte, os Steelers conseguiram diminuir o placar, em campanha rápida (2m48s). O jogo aéreo foi o principal destaque, com passes curtos de Roethlisberger, que levaram o time até a linha de 30 jardas do campo de ataque. Em uma 1a para 10, o quarterback acertou um passe para Hamilton (jogador havia desperdiçado um touchdown um pouco antes), resultando em touchdown de 30 jardas. Com a conversão de 2 pontos bem sucedida, os Steelers conseguiu fazer 38 a 17.

Embed from Getty Images

Tom Brady (QB #12) cumprimenta Ben Roethlisberger (QB #7) após vitória do New England Patriots sobre o Pittsburgh Steelers.

Porém, não havia mais tempo para Pittsburgh, que viu os Patriots ajoelharem três vezes (“victory formation”) para conquistar o nono título da AFC, ultrapassando exatamente os Steelers, tornando-se os maiores vencedores da AFC.

Além do recorde em títulos, Bill Belichick se torna o primeiro treinador a ir a sete Super Bowls. O número também será alcançado por Brady, se o quarterback entrar em campo contra o Atlanta Falcons em 05/01/2017.

Melhores Momentos

Anúncios