Foi um jogo histórico! Um jogo digno para mostrar a grandeza de Bill Belichick e Tom Brady no comando do New England Patriots. Depois de perder o primeiro tempo por 21 a 3, o Atlanta Falcons ampliou o placar para 28 a 3, mas acabou cedendo a virada na prorrogação!

Final, 34 a 28, na primeira prorrogação da história do Super Bowl, que teve muitas quebras de recordes. Mais ainda, confirmou a soberania das equipes com a melhor defesa sobre as equipes com o melhor ataque (6 a 1), além da oitava derrota do MVP da temporada regular no Super Bowl.

Estatísticas

Apesar das estatísticas serem todas a favor dos Patriots, até o último quarto, parecia que a vitória seria dos Falcons, que venciam por 28 a 9. New England conseguiu bater o recorde de first downs em um jogo (37 contra 17), além de dominar a conquista de jardas: 546 (104 em corridas e 442 em passes) contra 344  (104 em corridas e 240 em passes).

Sem contar no domínio de posse de bola, que somado ao overtime, totalizou 40m31s contra 23m27s dos Falcons. Essa diferença pode ser vista nas campanhas rápidas dos Falcons, que conseguiram dois touchdowns em posses inferiores à 2 minutos e um terceiro touchdown vindo de um pick six de Robert Alford (CB #23).

No final, Tom Brady foi o diferencial, conseguindo 466 jardas em passes em 43/62 passes, resultando em três recordes individuais. James White se destacou com um total de 139 jardas (29 em corridas e 110 em recepções), além de Julian Edelman, que com 87 jardas em apenas 5 recepções, fez uma das recepções mais bonitas da NFL.

Embed from Getty Images

Excelente recepção de Julian Edelman (WR #11) na campanha que levou ao empate do jogo.

Pelos Falcons, Matt Ryan foi bem, com 284 jardas e 2 passes para touchdown, sem contar em Devonta Freeman, que correu 75 jardas, e Julio Jone, que conseguiu 87 jardas em recepção.

Tudo pelo Futebol Americano - NFL - 05/02/2017 - Playoffs - Super Bowl LI - Falcons 28 x Patriots 34

Jogo

Depois de um primeiro quarto sem pontuação, os Falcons conseguiram uma excelente vantagem, conseguindo três touchdowns seguidos. Dois deles vieram graças à turnovers dos Patriots.

O primeiro deles veio após um fumble de Blount, forçado por Deion Jones (MLB #45) e recuperado por Alford na linha de 29. Em apenas 5 jogadas (1m53s), dois passes de Ryan para Julio Jones (19 e 23 jardas) e três corridas (15 e 9 jardas) de Freeman, além da corrida de 5 jardas que resultou em touchdown (7-0), foram suficientes para os Falcons abrirem o placar.

Embed from Getty Images

Devonta Freeman (RB #24) mergulhando na end zone, após correr sozinho para um touchdown de 5 jardas.

A resposta dos Patriots terminou com um three and out. Melhor para os Falcons, que receberam a bola na linha de 38 de seu campo e conseguiram mais uma campanha relâmpago para touchdown.

Dessa vez, 5 jogadas e avanço de 62 jardas em 1m49s, que teve três passes completos de Ryan, em quatro tentados. O primeiro de 24 jardas para Gabriel, seguido de um de 18 jardas para Jones. Depois de uma avanço de 1 jarda em corrida de Coleman e um passe incompleto, Ryan acertou um belo e preciso passe para Austin Hooper (TE #81) na end zone. Touchdown de 19 jardas (14-0).

Mais uma posse dos Patriots. Uma campanha longa (6m27s), salva por muitas faltas cometidas pela defesa dos Falcons. Brady até conseguiu avançar até a linha de 23 jardas do campo de ataque, mas em tentativa de passe para Danny Amendola (WR #80), Alford apareceu de novo. Além de interceptar Brady, o cornerback correu para end zone, em um pick six de 82 jardas (21-0).

Embed from Getty Images

Robert Alford (CB #23) comemorando antes de entrar na end zone, após um pick six e 82 jardas.

 Após o turnover, os Patriots receberam a bola novamente e, enfim, conseguiram sair do zero no placar. Uma campanha rápida (2m19s), porém, com 11 jogadas, que terminou com um field goal de 41 jardas de Gostkowski (21-3).

E assim, terminou o primeiro tempo. Um atropelamento dos Falcons. Hora do HalfTime Show, que teve como principal é única atração, a cantora Lady Gaga. O show, que começou no teto do NRG Stadium, teve os hits da cantora, como “Poker Face”, “Bad Romance” e “Telephone”, e terminou com a cantora pulando de uma plataforma e “recebendo um passe”.

Embed from Getty Images

Lady Gaga durante sua apresentação no HalfTime Show.

O terceiro quarto começou com posse dos Falcons. Mas tanto Falcons quanto Patriots não conseguiram nenhuma primeira descida.

Em sua segunda campanha no quarto, os Falcons conseguiram ampliar. Mais um touchdown. Agora em campanha mais longa: 8 jogadas em 4m14s. Ryan novamente foi o destaque! O MVP da temporada regular fez cinco passes (17 e 35 jardas para Gabriel, 13 jardas para Mohamed Sanu – WR #12) e, após um passe incompleto, o quinto passe foi para o touchdown de 6 jardas de Coleman (28-3).

Embed from Getty Images
Tevin Coleman (RB #26) correndo para a end zone, em um touchdown de 6 jardas.

A resposta dos Patriots foi com seu primeiro touchdown no jogo. Campanha longa, 13 jogadas, 75 jardas em 6m25s. Brady foi o principal nome. Além de acertar 5 passes, incluindo passe de 17 jardas para Amendola e o passe de 5 jardas para o touchdown de White, o quarterback salvou uma 3a para 8 com uma corrida de 15 jardas. Com o erro de extra point de Gostkowski, o placar ficou 28 a 9.

Logo após o touchdown, os Patriots tentaram um onside kick no fim do terceiro quarto, mas a posse de bola acabou com os Falcons. E quando a vitória parecia impossível, o último quarto do jogo mostrou que a camisa dos Patriots pesa muito! A vantagem de 19 pontos foi anulada e o empate veio, com apenas 52s para o fim do jogo!

Primeiro, Gostwkoski acertou um field goal de 33 jardas, em campanha de 12 jogadas em 5m07s, que teve Brady tentando passes em quase todas as jogadas. Apesar de 2 passes incompletos e sofrer 2 sacks, o time conseguiu avançar com bons passes do quarterback. Malcolm Mitchell (WR #19) recebeu três passes (15, 7 e 18 jardas), além de um passe de 9 jardas para White e 25 jardas para Bennett.

Embed from Getty Images

Stephen Gostkowski (K #3) em chute que resultou em field goal de 33 jardas.

Foi aí que o jogo mudou, quando a defesa do Patriots apareceu com Dont’a Hightower (MLB #54) que forçou um fumble após um sack em Matt Ryan. A bola foi recuperada por Alan Branch (DE #97) na linha de 25 jardas do campo dos Falcons.

Apenas 2m28s para Brady conseguir mais um passe para touchdown. Depois de sofrer um sack, o quarterback conseguiu acertar quatro passes seguidos (White – 4 jardas, Mitchell – 12 jardas, Amendola – 8 jardas) antes de acertar um segundo passe para Amendola, que resultou em um touchdown de 6 jardas. Após uma trick play, que Brady fingiu receber o snap, White correu para end zone e converteu a tentativa de dois pontos (28-20).

Embed from Getty Images

Danny Amendola (WR #80) mergulhando na end zone em touchdown de 6 jardas.

Os Falcons até tiveram a chance de ganhar o jogo, conseguindo chegar na linha de 35 jardas. Mas depois de um holding ofensivo, Atlanta perdeu 10 jardas e acabou indo para o punt. Só havia 3m30s no relógio.

Suficiente para Brady. O quarterback dos Patriots conseguiu uma campanha para empatar o jogo, que teve uma incrível recepção de Edelman, após a bola ser desviada por Alford! Além do avanço de 23 jardas, o wide receiver conseguiu pegar uma bola que já estava praticamente no chão. Quatro snaps depois, White correu para um touchdown de 1 jarda. A tentativa de conversão de dois pontos foi bem sucedida com Amendola (28 a 28).

Embed from Getty Images

James White (RB #28) comemorando o touchdown no fim do jogo, que foi fundamental para o Super Bowl LI ter sua primeira prorrogação na história.

Esse empate levou à primeira prorrogação na história do Super Bowl!

E a sorte estava mesmo com os Patriots, que ganharam o cara-ou-coroa e conseguiram a primeira posse de bola. Mais uma vez, campanha terminada em touchdown. Em 3m58s, Brady conseguiu levar o time até a linha de 2 jardas do campo de ataque. Depois de um passe incompleto, White correu para o touchdown da vitória!

Maior virada da história da franquia, terceira maior virada em jogos de pós-temporada e maior virada na história do Super Bowl! Incrível vitória dos Patriots, que conseguiram seu quinto título de sua história, quinto título da dupla Belichick e Brady!

Embed from Getty Images
Tom Bray (QB #12) e Bill Belichick (Head Coach) se cumprimentam após o quinto título juntos, no comando do New England Patriots.

Para terminar, Brady foi eleito MVP do Super Bowl pela quarta vez na carreira, recorde individual na NFL, que ainda bateu o recorde de mais jardas aéreas em um jogo, o recorde de mais passes completos em um jogo, além do maior número de passes tentados.

Embed from Getty Images

Tom Brady (QB #12) levantando o troféu Vince Lombardi pela quinta vez na carreira.

Melhores Momentos

Anúncios