Cincinnati Bengals e Houston Texans fizeram um jogo tecnicamente fraco no color rush do Thursday Night Football, com muitos punts e poucas boas posses de bola. Apesar disso, os Texans conseguiram sua primeira vitória na temporada (13-9), enquanto os Bengals sofreram sua segunda derrota.

O que foi visto no jogo foi um misto de defesas fortes, somadas à linhas ofensivas fracas, que davam pouco tempo para os quarterbacks. Isso ocasionou vários three and outs.

O resultado dos Bengals foi um recorde negativo na NFL, já que desde 1939, um time não perde seus dois primeiros jogos, sendo os dois jogos em casa, sem anotar ao menos um touchdown. O último time a ter essa campanha foi o Philadelphia Eagles.

O calouro Deshaun Watson (QB #4) foi um dos poucos destaques no jogo, conseguindo uma vitória em seu primeiro jogo como titular e no dia de seu aniversário. Já Andy Dalton (QB #14), jogou bem abaixo do que apresentou nas últimas temporadas.

Embed from Getty Images
Deshaun Watson (QB #4), calouro do Houston Texans, teve boa atuação na noite de seu aniversário.

O primeiro tempo foi bem fraco tecnicamente. Os times tiveram muitas dificuldades para manter suas campanhas. Tanto que os Bengals fecharam o primeiro tempo com 4 first downs, enquanto que os Texans foram um pouco melhor, com 7. Foram 9 punts!

A primeira pontuação do jogo só veio graças a um fumble sofrido pelo calouro John Ross (RB #15), após um tackle de Kareem Jackson (CB #25), recuperado por Jadeveon Clowney (OLB #90), que retornou até a linha de 20 jardas do campo de ataque. Na sequência, os Texans conseguiram um field goal de 26 jardas de Ka’imi Fairbairn (K #7), abrindo o placar do jogo no fim do primeiro quarto (0-3).

Os Bengals conseguiram empatar na campanha seguinte, que terminou no segundo quarto. Apesar de um passe de 50 jardas de Dalton para A.J. Green (WR #18) e avanço até a linha 21 jardas do campo de ataque, a campanha terminou com um field goal de Randy Bullock (K #4) de 39 jardas (3-3).

Depois do empate, o jogo só voltou a ter movimentação do placar no fim do primeiro tempo, dentro do 2-minute warning. Watson (QB #4) conseguiu uma excelente corrida para a end zone (49 jardas), conseguindo seu primeiro touchdown terrestre na carreira (3-10).

TFW you rush for a 49-yard TD on your birthday. #HBD #DW4 @deshaunwatson

A post shared by Houston Texans (@houstontexans) on

Momento do touchdown de Deshaun Watson (QB #4), único no jogo.

Porém, a campanha foi ajudada por um erro de arbitragem, já que houve um passe incompleto de Watson para Tyler Ervin (RB #34) na linha de 18 jardas do campo de defesa. Mesmo com o desafio, as zebras decidiram confirmar o passe completo.

Dalton ainda conseguiu uma boa campanha para tentar empatar o jogo antes do intervalo. Porém, apesar de um bom avanço até a linha 11 jardas, incluindo um excelente passe para Alex Erickson (WR #12) de 37 jardas, Bullock anotou seu segundo field goal, agora de 29 jardas (6-10).

Embed from Getty Images
Andy Dalton (QB #14) do Cincinnati Bengals teve muitas dificuldades durante o jogo, acertando poucos passes longos em campanhas que terminaram em field goal.

O segundo tempo não foi muito diferente do primeiro. Sem muita movimentação no placar. Os Bengals até tentaram! Logo em sua primeira campanha, o time conseguiu anotar um field goal.

Porém, a sensação foi ruim, já que o time teria anotado um touchdown em passe de Dalton para Tyler Eiffert (TE #), que recebeu um passe dentro da end zone. Mas como o tight end havia pisado fora do campo, acabou cometendo uma falta, que resultou em uma perda de descida. Com isso, a campanha acabou com mais um field goal de Bullock, agora de 30 jardas.

O jogo continuou com trocas de posse até que os Texans pontuaram novamente no último período, com uma das poucas boas campanhas no jogo. Longa e com várias corridas, que ajudaram a consumir o tempo do relógio. Porém, uma falta de interferência de passe de ataque, de DeAndre Hopkins (WR #10), fez o time estragar uma possibilidade de touchdown. Sobrou para Fairbairn, que acertou mais um chute, agora de 42 jardas para garantir a vitória (9-13).

No fim do jogo, os Bengals ainda tiveram uma posse com apenas 2 segundos no relógio. O rugby começou, com vários passes para diferentes jogadores, mas J.J. Watt (DE #99) tackleou Russell Bodine (C #61) e finalizou o jogo.

Embed from Getty Images
J.J. Watt (DE #99) foi um dos líderes da defesa do Houston Texans, terminando com 6 tackles (5 sozinhos e 1 com ajuda).

Estatísticas

TPFA - 2017-09-14 - Thursday Night Football - Bengals x Texans - Estatísticas.png

Melhores Momentos

Veja os melhores momentos de Bengals e Texans no segundot Thursday Night Football da temporada, primeiro com color rush.

Anúncios