Tudo indicava que New England Patriots e Atlanta Falcons fariam mais um jogo excelente. Porém, o que se viu foi um domínio dos Patriots, que venceram o Sunday Night Football de forma muito fácil! Placar final, 23 a 7.

O jogo começou bem abaixo do esperado, com a primeira pontuação somente no segundo quarto. Durante o jogo, uma neblina começou a cair sobre o Gillette Stadium, e a visão da arquibancada ficou prejudicada.

Parece que a visão de Matt Ryan também. Isso porque os Falcons só marcaram na parte final do último quarto.

Apesar de o jogo deixar a desejar tecnicamente, a neblina permitiu assistir o jogo de um ângulo diferente do usual. A câmera spider, aquela que fica pendurada por cabo de aço, mostrou o jogo por trás do quarterback, dando uma ideia de como o jogador vê o posicionamento e a movimentação de seus companheiros e adversários.

Estatísticas

O jogo de Tom Brady foi bem abaxo da média. Mas foi o suficiente para derrotar mais uma vez os Falcons. Dessa vez, com uma maior facilidade. Enquanto Dion Lewis e Chris Hogan foram os principais destaques ofensivos, a defesa dos Patriots foi fundamental para anular o ataque adversário. A defesa ainda foi capaz de bloquear um field goal.

Do lado de Atlanta, Matt Ryan não conseguiu impor um ritmo forte no ataque. Ainda assim, Julio Jones consegiuu se destacar com 9 recepções, inclusive a do touchdown, que foi roubada das mãos de Malcolm Butler. Além de Jones, Devonta Freeman tamb´m se destacou.

TPFA - 2017-10-22 _Sunday Night Football - Patriots 23 x Falcons 07 - Estatísticas-01.png

Melhores Momentos

Veja os melhores momentos da vitória do New England Patriots sobre o Atlanta Falcons por 23 a 7 no Sunday Night Football da semana 7.

Jogo

O primeiro quarto do jogo foi sem pontuação. Muito por causa da defesa dos Patriots, que conseguiram bloquear uma tentativa de field goal de 37 jardas de Bryant. Johnson Bademosi (DB #29) conseguiu desviar a bola, evitando a pontuação dos Falcons.

Logo na campanha seguinte, terminada no segundo quarto, os Patriots tiraram o zero do placar, com um touchdown Cooks. A jogada começou com um passe curto de Brady para frente, com Cooks avançando para a esquerda e usando Rob Gronkowski (TE #87) como escudo até conseguir entrar na end zone (7-0).

Touchdown de Brandin Cooks (WR #14), que recebeu passe curto de Tom Brady (QB #12) e correu para end zone, usando Rob Gronkowski (TE #87) como escudo. Bela jogada do New England Patriots.

Essa campanha teria morrido, já que Brady foi interceptado por Robert Alford (CB #23) dentro da end zone. Mas uma falta em cima do quarterback dos Patriots, feita por Adrian Clayborne (DE #9), anulou a jogada defensiva e Brady teve outra chance para seguir a campanha.

Na sequência, os Falcons sofreram um three and out e os Patriots conseguiram pontuar novamente. Depois de q4 jogadas (6m37s), Gostkowski acertou um chute de 29 jardas para ampliar o placar (10-0).

No fim do primeiro tempo, os Falcons tentaram diminuir o placar. Mas um turnover em downs, ainda deu tempo para New England pontuar novamente. Depois de começar em uma excelente posição de campo (47 jardas do próprio campo), a campanha de passes curtos terminou com um touchdown de White, em passe de 2 jardas de Brady (17-0).

Dentro do 2 minute warning, os New England Patriots conseguiu aumentar o placar com um segundo touchdown! Dessa vez, Tom Brady (QB #12) acertou passe curto para James White (RB #28) na entrada da end zone.

O segundo tempo começou com a posse dos Falcons. Apesar de uma grande neblina sobre o Gillette Stadium, Matt Ryan conseguiu produzir uma boa campanha com várias jogadas terrestres. Inclusive, o quarterback correu 16 jardas em uma terceira para 5.

Apesar do vanço até a linha de 17 do campo de New England, Ryan errou dois passes e Bryant entrou para uma tentativa de field goal de 36 jardas. Apesar da boa posição de campo, Bryant errou a sua tentativa de field goal, acertou o Y.

Embed from Getty Images
Imagem do  Gillette Stadium durante o segundo tempo do Sunday Night Football entre New England Patriots e Atlanta Falcons.

Melhor para os Patriots, que aproveitaram a campanha seguinte para ampliar a vantagem. Dessa vez, com um field goal de 21 jardas de Gostkowski (20-0). O time até tentou entrar na end zone correndo com a bola, correndo três vezes: 2 vezes com Lewis e 1 com Mike Gillislee (RB #35). Mas a defesa de Atlanta conseguiu impedir o touchdown.

E a situação estava ruim para os Falcons. Apesar de chegar na linha de 1 jarda do campo de atque (3a descida), Ryan errou um passe para Jones no fundo da end zone, após um play action. Precisando do placar, Atlanta foi para a quarta descida. Mesmo escolhendo o jogo terrestre, Taylor Gabriel (WR #18) foi para uma corrida lateral e foi facilmente parado por Van Noy. Turnover em downs no início do quarto período.

Aproveitando o erro dos Falcons, os Patirots aproveitaram para ampliar ainda mais o placar. Novamente, com um field goal. Dessa vez, Gostkowski acertou chute de 38 jardas (23-0).

Somente na parte final do último quarto, que os Falcons conseguiram sair do zero, evitando um shut out dos Patriots. Depois de uma longa campanha, 11 jogadas em 5m06s, o time chegou na linha de 1 jarda do campo de ataque e conseguiu o touchdown.

E quase que a pontuação não vem, já que Ryan fez um passe ruim na end zone, que seria interceptado por Malcolm Butler. Mas Julio Jones roubou a bola das mãos do cornerback para anotar seu primeitou touchdown na temporada (23-7).

Apesar do passe ruim de Matt Ryan (QB #2), Julio Jones (WR #11) rouba a bola das mãos de Malcolm Butler para anotar seu primeiro touchdown na temporada.

Então os Falcons tentaram um onside kick, mas a bola acabou recuperada por Danny Amendola (WR #80) na linha de 49 jardas do campo de Atlanta. A partir dessa recuperação, os Patriots correram com a bola e conquistaram a primeira descida, enquanto Atlanta queimava seus pedidos de tempo. Em uma delas, Brady foi para o quarterback sneak em uma 3a para 2 jardas, conseguindo a incrível marca de 91% de aproveitamento na jogada.

Após o 2-minute, warning, Atlanta não tinha mais tempos para pedir! Brady ajoelhou por três vezes para confirmar a vitória.

 

Anúncios