Diferente do ano passado, quando Arizona Cardinals e Seattle Seahawks fizeram um jogo terrível no Sunday Night Football da semana 07 de 2016, o Thursday Night Football desse ano foi bem superior.

As duas defesas começaram bem, mas os Seahawks conseguiram produzir mais pontos, vencendo os Cardinals por 22 a 16, no University of Phoenix Stadium!

Claramente, Arizona sentiu a falta de Carson Palmer, seu quarterback titular. Tanto que Adrian Peterson (RB), foi o jogador mais acionado do jogo. Peterson pouco produziu e ainda sofreu fumble e um safety! Além disso, o ataque desperdiçou muitas jogadas, com muitos erros de Drew Stanton (QB) e dos recebedores.

Larry Fitzgerald até conseguiu a marca de 15000 jardas na carreira, com as 113 conquistadas no jogo, mas o ataque dos Cardinals não conseguiu avanços consistentes, muito menos pontuar.

No caso de Seattle, Russell Wilson (QB) deu mais um show, com suas quebras de tackles e sacks. Tanto que o quarterback conseguiu um passe para Doug Baldwin, que resultou em uma corrida de 54 jardas. Na sequência, Jimmy Graham (TE), anotou seu segundo touchdown na noite!

Com o resultado, os Seahawks mantém a segunda posição e igualam o número de vitórias do líder Los Angeles Rams (6-2), com campanha 6-3. Os Cardinals ficam com campanha negativa 4-5 e se complicam na divisão!

Estatísticas

O resultado do jogo de hoje foi consequência de um melhor aproveitamento dos Seahawks! Em comparação com os Cardinals, o time produziu 3 jardas a menos, além de ficar com 14 first downs, 10 a menos que o rival!

E, mesmo com o elevado número de faltas, 12 no total, resultando em perda de 108 jardas, quase o dobro do rival, Seattle conseguiu pontuar por 5 vezes, enquanto Arizona só pontuou por 3.

TPFA - 2017-11-09 - TNF - Cardinals 16 x Seahawks 22 - Estatísticas-01.png

Melhores Momentos

Assista aos melhores momentos da vitória do Seattle Seahawks sobre o Arizona Cardinals por 22 a 16.

Jogo

O primeiro tempo foi todo dos Seahawks. Apesar dos dois times saírem com 9 first downs, os números de Seattle foram superiotes: 190 jardas e 19 min de posse de bola, contra 90 jardas em 11 min de posse de bola!

Isso sem falar na pontuação, com Seattle pontuando por quatro vezes, inclusive com um safety, conseguido em cima de Adrian Peterson! O running back foi o mais acionado pelos Cardinals no primeiro tempo! Foram 11 tentativas para apenas 17 jardas. Na primeira delas, primeira jogada de Arizon, Peterson sofreu um fumble de Kam Chancellor na linha de 48 jardas do campo de ataque.

Somente em sua terceira campanha, que os Seahawks, conseguiram pontuar pela primeira vez. Wilson aproveitou uma boa posição de campo e liderou campanha que terminou com um passe pelo alto para Jimmy Graham (0-7). Touchdown de 6 jardas!

Primeiro touchdown de Jimmy Graham (TE 88), que abriu o caminho para a vitória do Seattle Seahawks sobre o Arizona Cardinals.

A resposta dos Cardinals foi na campanha seguinte, que terminou no início do segundo quarto. A campanha teve 5 first downs de Arizona, com quatro deles conseguidos através de faltas de Seattle. No fim da campanha, Stanton acertou passe curto (sreen pass) para Jermaine Gresham, que quebrou tackles e foi para a end zone. Touchdown de 14 jardas (7-7).

Logo na sequência, o Arizona Cardinals empatou o jogo com um touchdown de Jermaine Gresham (TE 84)., em passe de Drew Stanton (QB 5).

Na campanha seguinte, Seattle não conseguiu avançar. Porém, o punt somado a uma falta de Arizona, deixaram a bola na linha de 1 jarda. Não era a noite de Peterson. Depois do fumble, o jogador sofreu um safety, já que não conseguiu sair de sua end zone! Dois pontos mais a posse de bola para os Seahawks (7-9).

O veterano running back do Arizona Cardinals, Adrian Peterson (23), apareceu bastante no jogo. Porém, foi pouco efetivo. Além de sofrer fumble na primeira jogada ofensiva do time, ainda sofreu um safety.

Dentro do 2-min warning, Seattle pontuou por duas vezes, com dois field goals de Walsh (33 e 36 jardas), fechando o pacar em 07 a 15! Sendo que entre as pontuações, os Cardinals tiveram chance para pontuar, mas não aproveitaram. E mesmo com 46 segundos, Wilson conseguiu levar o time ao segundo FG de Walsh, graças a um passe para Paul Richardson de 43 jardas.

O segundo tempo começou com campanha dos Cardinals. Depois de 6m28s de posse de bola, Dawson entrou para diminuir o placar, com um field goal de 43 jardas (10-15). Peterson participou de 8 jogadas, com a melhor jogada, um avanço de 13 jardas, após passe de Stanton.

O melhor estava guardado para o último quarto. Wilson conseguiu um passe para Doug Baldwin, resultando em um avanço de 54 jardas. Mas o que realmente chamou atenção na jogada, foram as voltas do quarterback, enganando seus marcadores. E quando fez o passe, parecia estar se livrando da bola, mas Baldwin foi no terceiro andar e conseguiu a recepção, perto do meio do campo!

O wide receiver só não foi para a end zone, porque a secundária dos Cardinals chegou a tempo, com Buda Baker empurrando o jogador para fora do campo, na linha de 2 jardas.

Em mais uma jogada com muita movimentação de Russell Wilson (QB 3), o quarterback do Seattle Seahawks enganou toda a marcação adversária e ainda conseguiu passe para Doug Baldwin (WR 89), que resultou em um avanço de 54 jardas.

No snap seguinte, Wilson repetiu o touchdown do primeiro tempo, acertando Graham, agora, em passe de 2 jardas. Seahawks fizeram 22 a 10, além de abrir a diferença em duas posses.

Depois da excelente jogada de Russell Wilson (QB 3), Jimmy Graham recebeu um segundo passe para touchdown do quarterback! Dessa vez, em passe de 2 jardas.

Após o touchdown de Graham, os times trocaram posses de bola, até que os Cardinals conseguiram seu touchdown com Andre Ellington, com 23s para o fim do jogo. O running back entrou na end zone, após uma corrida de 1 jarda.

Para piorar a situação, Jeremy Lane (CB 20) conseguiu bloquear o extra point de Dawson, fechando o placar em 22 a 16 para Seattle.


 

Anúncios