O final da temporada regular da NFL trouxe inúmeras decepções para os planejamentos feitos no início do ano! Muitos treinadores estavam em situação delicada! Alguns, mesmo com campanhas ruins, acabaram permanecendo no cargo. Outros, por falta de resultados, acabaram demitidos ao final da semana 17.

São os casos de Chuck Pagano (Indianapolis Colts), Jack Del Rio (Oakland Raiders), Jim Caldwell (Detroit Lions) e John Fox (Chicago Bears). Além deles, Bruce Arians (Arizona Cardinals) optou pela aposentadoria.

A vida de Pagano nos Colts estava complicada há, pelos menos, duas temporadas. Exatamente o tempo em que Andrew Luck começou a sofrer com lesões e o time ficou fora dos playoffs.

No total, 53 vitórias e 43 derrotas, em trajetória que começou em 2012! A campanha negativa desse (4-12) teve muito peso em sua demissão, já que desde 2011 o time não sofre uma campanha tão negativa. Sem falar que os Colts deixaram de ser a maior força na AFC South.

Embed from Getty Images
Chuck Pagano foi demitido do Indianapolis Colts após campanhas negativas que deixaram o time fora dos playoffs.

Situação diferente de Del Rio no Oakland Raiders. Depois de tirar o time de uma longa fila de playoffs, Mark Davis, dono do time, informou ao head coach sua demissão. Ainda por causa de 2016, Del Rio recebeu uma extensão de 4 anos em fevereiro, muito por sua campanha 12-4 naquele ano.

Porém, a campanha de 2017 foi considerada frustrante, principalmente, por toda a expectiva criada em 2016. Sem falar que o retorno de Marshawn Lynch, que decidiu abandonar a aposentadoria, foi bem abaixo do esperado e Derek Carr sem conseguir repetir as atuações do ano passado! Mesmo assim, acabou sobrando para o treinador.

Embed from Getty Images
Depois de uma temporada frustrante em 2017, Jack Del Rio foi demitido do Oakland Raiders.

Depois de falha na tentativa de alcançar os playoffs, Caldwell foi demitido do Detroit Lions. Apesar da campanha positiva em 2017, a demissão foi justificada pelo fraco desempenho em jogos grandes, sem falar nas decepções sofridas em jogos contra os bons times enfrentados.

Outro fator que pesou foi a falta de vitórias em playoffs, que não acontecem desde 1991! Caldwell conseguiu levar os Lions para a pós-temporada por duas vezes, mas perdeu os dois jogos que disputou.

Embed from Getty Images
Apesar da campanha positiva em 2017, a falta de resultados expressivos (incluindo playoffs) foi o principal motivo da demissão de Jim Caldwell do Detroit Lions.

Outro time na NFC North a trocar seu treinador foi o Chicago Bears! Em três temporadas, Fox teve um recorde muito negativo! Foram 14 vitórias e 34 derrotas, sempre terminando em último e perdendo mais de 10 jogos por temporada.

Um queda brusca de desempenho em sua carreira, já que ele levou os Broncos de Payton Manning até o Super Bowl XLIX, perdido para os Seahawks! Naquele ano, quase todos os recordes ofensivos foram conseguidos pelo quarterback!

Embed from Getty Images
Com três temporadas muito ruins no Chicago Bears, John Fox foi demitido após campanha 5-11 em 2017!

Entre os treinadores que não terão seus trabalhos em 2018, apenas Bruce Arians optou pela aposentadoria. Depois de 5 temporadas com o Arizona Cardinals, o treinador anunciou sua decisão em coletiva na última segunda-feira, 01/01/2018!

Arians, de 65 anos, começou sua carreira como assistente em Virginia Tech, sem falar em seu tempo como coordenador ofensivo e chamador de jogadas nos Browns (2001-2003), Steelers (2004-2011) e Colts (2012), quando recebeu o convite para ser treinador dos Cardinals.

Embed from Getty Images
Depois de cinco temporadas no Arizona Cardinals, Bruce Arians decidiu se aposentar.

Sua melhor temporada foi a de 2015, quando o time acabou perdendo para o Carolina Panthers na final da NFC, chegando próximo ao Super Bowl L! Depois dessa temporada, seu time não conseguiu repetir o bom desempenho, ficando fora dos playoffs.

Anúncios