Na última terça-feira, 02/01/2018, foram anunciados os 15 finalistas da Classe de 2018 do Pro Football Hall of Fame, o Hall da Fama da NFL. O anúncio será realizado no noite do Super Bowl LII, 03/02/2018.

Veja os indicados: Tony Boselli (OT), Isaac Bruce (WR), Brian Dawkins (S), Alan Faneca (OG), Steve Hutchinson (OG), Joe Jacoby (OT), Edgerrin James (RB), Ty Law (CB), Ray Lewis (LB), John Lynch (S), Kevin Mawae (C), Randy Moss (WR), Terrell Owens (WR), Brian Urlacher (LB) e Everson Walls (CB).


Segundo Elliot Harrison, analista do site da NFL, os candidatos mais fortes são Dawkins, Faneca, Lynch e Urlacher.

Brian Dawkins (S) jogou por 16 temporadas sendo 13 pelo Philadelphia Eagles! O safety tem uma marca de 776 tackles na carreira, 26 sacks, 28 fumbles forçados e 37 interceptações!

Encerrou sua carreira em 2011, após 3 temporadas no Denver Broncos!

Brian Dawkins (S) em Dezembro de 2006, quando ainda atuava pelo Philadelphia Eagles.

Alan Faneca (OG) teve uma carreira de 13 temporadas, sendo 10 delas, defendendo as cores do Pittsburgh Steelers. Foi selecionado na primeira rodada do NFL Draft de 1998 e foi por seis vezes do primeiro time All-Pro, além de aparecer nove vezes no Pro Bowl! Ainda levou o Super Bowl XL contra o Seattle Seahawks.

Faneca ainda teve passagens por New York Jets e Arizona Cardinals.

Embed from Getty Images
Alan Faneca (OG), na época em que defendia o Pittsburgh Steelers.

John Lynch (S) jogou por 16 temporadas na NFL, 12 delas pelo Tampa Bay Buccaneers, onde conseguiu o Super Bowl XXXVII. Ainda foi indicado nove vezes para o Pro Bowl.

Ainda teve quatro temporadas no Denver Broncos, foi comentarista na FOX até ser contratado como general manager pelo San Francisco 49ers em 2017.

Embed from Getty Images
John Lynch se aposentou e hoje é General Manager do San Francisco 49ers.

Brian Urlacher (LB) jogou toda a sua carreira, 13 temporadas, no Chicago Bears! Levou o prêmio de calouro do ano em 2000 (selecionado na nona rodada do NFL Draft), além de levar o prêmio de defensor do ano em 2005 além de oito participações no Pro Bowl!

Urlacher tem a incrível marca de 1229 tackles e 41.5 sacks, sem falar em 12 fumbles forçados e 22 interceptações! Ainda teve quatro aparições em playoffs, incluido a derrota para o Indianapolis Colts no Super Bowl XLI.

Embed from Getty Images
Brian Urlacher (LB), na época que defendia o Chicago Bears.

Ainda segundo Harrison, outros jogadores terão poucas chances nesse ano. São os casos de Mawae, Hutchinson e Jacoby. Porém, ao mesmo tempo, Harrison considera que Ray Lewis já está lá!

Lewis participou de 17 temporadas, todas pelo Baltimore Ravens! Teve 1336 tackles, 41.5 sacks, 17 fumbles forçados e 31 interceptações! Foi selecionado no NFL Draft de 1996, e teve inúmeras indicações: 13 indicações ao Pro Bowl (participando em jogos em três diferentes décadas) e 10 vezes All-Pro do Associated Press.

Recebeu o prêmio de defensor do ano na temporada que resultou no Super Bowl XXXV para os Ravens, tornando-se o segundo linebacker a vencer o MVP do Super Bowl, sendo o primeiro a vencer pelo time campeão. Ainda ganhou o prêmio de defensor do ano em 2003 e participou no último Super Bowl (XLVII) dos Ravens, na temporada 2012!

Ray Lewis (LB) com o troféu Vince Lombradi, conquistado no Super Bowl XLVII contra o San Francisco 49ers.

Fechando a lista de Harrison, Boselli, Bruce, James, Law e Walls seguem na briga por uma posição na Classe de 2018, sem falar na disputa entre os wide receivers Randy Moss e Terrell Owens.

Com passagens por cinco times (8 temporadas no Minnesota Vikings, 4 no New England Patriots, 2 no Oakland Raiders e 1 no Tennessee Titans e no San Francisco 49ers), Moss tem o recorde de recepção de touchdown em uma única temporada, 23 no total, além do recorde como calouro (17). Além disso, tem a segunda maior marca de recepção de touchdown na história da liga, com 156.

Outros destaques: 6 indicações ao Pro Bowl, 4 vezes no primeiro time do All-Pro, Calouro do ano em 1998, 5 vezes o líder em recepção de touchdown, Ring of Honor do Minnesota Vikings, entre outros.

Randy Moss (WR) fazendo uma recepção em jogo do Minnesota Vikings.

Owens também tem números incríveis! Foram 16 temporadas na NFL (8 nos 49ers, 2 nos Eagles, 3 nos Cowboys e mais uma nos Bills e nos Bengals). E mais, o wide receiver tem o segundo maior número de jardas recebidas na história (15.934) e está uma posição atrás de Moss em recepções para touchdown. É o terceiro da história com 153.

Além disso, recebeu 6 indicações ao Pro Bowl, 5 indicações para o primeiro time da All-Pro e foi, por três vezes, o líder em recepção de touchdown.

Embed from Getty Images
Terrell Owens (WR) fazendo recepção para touchdown contra St. Louis Rams, atualmente Los Angeles Rams.

Briga de gigantes nessa Classe de 2018!

 

Anúncios